Assessor da base revela objetivo de tornar Fla o melhor clube do mundo

Em recente entrevista à Gabriela Moreira, da ESPN, Luís Gustavo Nogueira, assessor da presidência para assuntos da base, contou sobre as estratégias de aumentar a observação e a busca por novos talentos para agregar ao plantel e o aumento de R$ 12 milhões, para R$ 20 milhões em três anos. E de acordo com Luís Gustavo, é que a base Rubro-Negra se torne a melhor do mundo.

– O objetivo do Flamengo é que a gente seja a melhor base do Brasil. E aí é quase consequência que a gente seja a melhor base do mundo, porque o Brasil é o principal celeiro de talentos do mundo. E a gente não pode ficar satisfeito enquanto a gente não olhar seleções brasileiras no futuro, times do Flamengo no futuro e ter a certeza que a gente tem jogadores titulares de seleção, jogadores do Flamengo titulares em times grandes na Europa. Quando a gente olhar isso de modo recorrente, todo ano tem jogar que tá virando profissional e tá jogando em clube grande da Europa. Isso é um marco que é onde a gente quer chegar -, declarou Nogueira.

O despontar de Vinícius Júnior e Lucas Paquetá, fez com que o mundo voltasse seus olhos para as categorias de base do Flamengo. Apesar de carregar na história o status de produzir seus próprios craques, o Mais Querido passou por longo período sem apresentar uma grande revelação. Mas isso não acontece da noite para o dia, o trabalho desenvolvido na base busca em modelos nacionais e no exterior, capacitação para se tornar referência.

Para chegar neste patamar de excelência, Luís calcula que em cinco anos possam colher frutos que começaram a adquirir há oito anos. A ideia é diminuir o custo para levar jogadores ao Fla produzindo os próprios jogadores com excelência dentro de casa.

– A  prioridade é gerar jogadores que possam ser jogadores profissionais, de preferência, no Flamengo. Se não for aqui, que gere um retorno financeiro para o clube. Nosso papel social é que possam se formar jogadores e tenham vidas melhores, para si e suas famílias, claro. Mas esportivamente, que gerem um retorno para o clube. Vender é uma consequência do sucesso. O Flamengo hoje, dada toda a estrutura, tudo o que o clube fez nesse período a gente não é forçado a vender nenhum jogador. A gente só vende se pagarem a multa ou se a gente entender que faz sentido. Como a gente quer gerar cada vez com mais qualidade, eles vão ter cada vez mais valor, naturalmente -, concluiu Luís.

Fonte: ESPN

O post Assessor da base revela objetivo de tornar Fla o melhor clube do mundo apareceu primeiro em Coluna do Flamengo - Notícias, colunas, contratações, jogos e mais.



from Coluna do Flamengo – Notícias, colunas, contratações, jogos e mais https://ift.tt/2zvlm3u

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Richarlison deixa portas abertas para o Fla

Zinho detalha plano do Flamengo para Paolo Guerrero

Da Copa Mundo da Rússia, Podolski manda recado para torcida do Fla: “Segue o líder”

Berrio apresenta evolução e pode ter retorno antecipado

Taison publica foto com camisa do Flamengo

Fla pode ter lucro inesperado em venda de Willian Arão

Vizeu comemora primeiro gol com camisa da Udinese

Flamengo divulga nova parcial de ingressos para jogo contra o São Paulo

Primeiro autógrafo de Vinicius Jr na Espanha dá errado; veja vídeo

Campeão olímpico já sondado pelo Fla revela desejo de vestir a camisa rubro-negra